PT do Maranhão pede apuração rigorosa sobre violência no campo

O PT no Maranhão se manifestou, por meio de nota, sobre os diversos episódios de violência contra trabalhadores e trabalhadoras rurais assassinadas em conflitos de terra. O caso mais recente foi a morte do líder camponês José Francisco Lopes Rodrigues, morador da comunidade Cedro, no município de Arari.

Assinada pelo novo presidente do Diretório Estadual, Francimar Melo, a nota pede providências ao Governo do Estado, ao Ministério Público e ao Poder Judiciário para elucidar os crimes e punir os culpados. Veja o texto na íntegra, abaixo:

NOTA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES

O Partido dos Trabalhadores no Maranhão – PT vem a público manifestar-se contra a mais um assassinato de trabalhador rural ocorrido no nosso Estado, que teve como alvo o Sr. José Francisco Lopes Rodrigues, morador da comunidade Cedro, município de Arari, falecido no dia 8 de janeiro deste ano, após ter sido alvo de vários tiros no último dia 05. Além do Sr. Francisco, foi alvo dos tiros também a filha dele de 10 anos, que felizmente prevaleceu com vida.

O PT/MA reafirma o seu compromisso de luta histórica em defesa da vida e contra a violência no campo e cobra das autoridades competentes que apurem as responsabilidades pelo assassinato do Sr. Francisco, assim como dos outros casos de trabalhadores rurais e quilombolas.

Solicitamos providências do Governo do Estado para apurar com rigor as investigações, por meio das Polícias Civil e Militar, assim como solicitamos ao Ministério Público apurar as responsabilidades por estes e outros assassinatos e conflitos no campo. Assim como solicitamos ao Tribunal de Justiça celeridade no julgamento dos casos que envolvem assassinato de lavradores.

O Partido dos Trabalhadores manifesta solidariedade aos familiares do Senhor Francisco Lopes e se soma às entidades que lutam em defesa da terra e dos territórios, que são direitos assegurados na Constituição Federal, assim como a proteção à população do campo e da cidade é um direito e dever do Estado.

Justiça e paz no campo!

São Luís, 09 de janeiro de 2022

Francimar Melo

Presidente PT/MA

2 comentários em “PT do Maranhão pede apuração rigorosa sobre violência no campo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.