Livro-agenda do NPC 2021 “fala” sobre os povos das terras e das águas

O Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) é um coletivo de comunicadores, jornalistas, professores(as) universitários(as), artistas gráficos, ilustradores(as) e fotógrafos(as) que trabalham com o objetivo de melhorar a comunicação, tanto de movimentos comunitários ou populares, quanto de sindicatos e outros agrupamentos. A organização atua de forma ininterrupta há mais de 14 anos, principalmente através de cursos, palestras, seminários e produção de materiais de formação e informação.

Uma das produções do coletivo é o “livro-agenda”, lançado todos os anos, com temas que contam a história das lutas sociais. “Nosso objetivo é manter viva a história da nossa classe e lembrar, sempre, que nessa terra tem gente que luta contra a exploração dos seus corpos e das suas terras”, explicou a jornalista Claudia Santiago, coordenadora do NPC. 

No Brasil tão marcado pela grilagem e violência no campo e nas áreas urbandas, é preciso pautar sempre a vida dos povos rurais, ribeirinhos e litorâneos.

Com essa sensibilidade, o livro-agenda do NPC (Núcleo Piratininga de Comunicação) em 2021 traz no título – “Esta terra é nossa” – um convite ao diálogo entre campo e cidade.

Claudia Santiago acalenta a “filha” de 2021

Inspirado nos “velhos” comunistas, socialistas, anarquistas e humanistas de todos os tempos, o livro-agenda traduz o sentido da aliança entre operário e lavrador.

O livro-agenda é uma enciclopédia onde estão registrados personagens não visibilizados na chamada grande mídia. A publicação, com todo orgulho, é a coluna social de luxo das mulheres e homens que constroem lutas e realizam sonhos.

É nessa carinhosa edição que todos os anos a gente se vê, revive e aprende muito sobre os fatos históricos das lutas do povo com as suas principais personagens dos movimentos sociais e do mundo vasto mundo da arte e da cultura.

“O Livro-agenda do NPC para o ano de 2021 é um grito de alerta para nós, que vivemos nas cidades. Decidimos soltar a voz após ouvir o pranto, o berro, o canto e a poesia que ecoam da Amazônia, do Pantanal, do Cerrado, da Caatinga. Após ouvir a voz forte de agricultoras familiares, indígenas, quilombolas, assentadas, acampadas, sem-terra, extrativistas, quebradeiras de coco, ribeirinhas, pescadoras, sertanejas, geraizeiras, apanhadoras de flores”, detalhou Santiago.

SAIBA COMO ADQUIRIR

Compre a sua, clicando aqui: http://livrariagramsci.com.br.  

Se preferir, faça uma doação de R$ 50,00 para o Núcleo Piratininga de Comunicação. Você pode depositar na nossa conta e enviar o comprovante via zap ou email. Nós retornaremos com a agenda e o recibo.

Núcleo Piratininga de Comunicação
Banco do Brasil
AG: 3520-3
CC: 63311-9
CNPJ: 02.510.093/0001-20

Mais Informações:

E_mail: npiratininga@piratininga.org.br

Fone: (21) 99628-5022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *