Dia de TPM na costura eleitoral

Hoje no Maranhão o mundo político está de TPM (Tensão Pré-“Maranhãozinho”).

Josimar “Maranhãozinho” (PL) é o nome do milionário deputado federal controlador de aproximadamente 50 prefeituras. Em uma live anunciada para as 20 horas, ele vai dizer qual nome apoiará na eleição para o Governo do Maranhão.

A decisão do parlamentar será computada como trunfo para o atual governador Carlos Brandão (PSB), aliado de Flávio Dino; ou como dissidência do Palácio dos Leões, caso opte pela candidatura circunstancial de oposição, liderada pelo senador Weverton Rocha (PDT).

O apoio de Maranhãozinho é medido a peso de ouro político porque ele tem um elevado poder aquisitivo e influência direta sobre meia centena de prefeitos maranhenses.

Ele próprio chegou a ser pré-candidato a governador, mas desistiu para negociar o seu apoio ao governador Carlos Brandão ou à oposição circunstancial Weverton Rocha.

A desistência terá um preço alto. No curto prazo ele vai querer a própria reeleição e a eleição da sua esposa e deputada estadual Detinha (PL), ambos para deputado federal.

O resto da conta não há como medir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.