“Novo” Plano Diretor pode agravar a poluição em São Luís

Fonte: Danielle Louise / Agência Tambor

São Luís possui um dos polos industrias mais poluentes do Brasil! De acordo com o advogado Guilherme Zagallo, a capital maranhense tem mais poluição do que qualquer município do estado de São Paulo!

Este problema pode ser agravado se for aprovada a proposta do Plano Diretor que o prefeito Eduardo Braide enviou para a Câmara Municipal.

O plano quer ampliar a zona industrial do município, além de favorecer o avanço do setor de construção civil.

O projeto não direciona o planejamento de São Luís, no caminho de buscar soluções para os problemas que já existem hoje.

A capital não possui saneamento básico adequado e tem esgotos a céu aberto. Além da grave poluição no ar, gerado por empresas como Alumar, a Termelétrica à carvão e vários outros empreendimentos que já estão no Distrito Industrial da cidade.

O Plano Diretor proposto por Braide é o mesmo de 2019, apresentado pelo ex-prefeito Edvaldo Holanda Jr. Ele favorece a instalação de mais indústrias poluentes na capital.

O projeto também planeja a redução da zona rural e de aquíferos (regiões geológicas que acumulam água) para abrir mais espaços para estas empresas.

Esse avanço gera uma série de problemas, que inclui o aumento do calor, o desenvolvimento de doenças, além da destruição do meio-ambiente.

Eduardo Braide não fez as alterações no projeto determinadas pelo Ministério Público do Maranhão. O MPMA apontou ilegalidades no texto de 2019, também utilizado pelo gestor atual.

Para o Advogado Guilherme Zagallo, o prefeito de São Luís está escolhendo trabalhar apenas para o empresariado. E deixa de lado o bem estar, segurança e proteção do meio-ambiente, da cidade e sua população.

Zagallo fez esta declaração durante o Jornal Tambor desta quinta-feira (7), que recebeu o advogado para falar deste e outros temas relacionados ao Plano Diretor.

Veja a entrevista com Guilherme Zagallo no Jornal Tambor, em nosso canal de Youtube

Imagem destacada: Claudio Castro / Vista panorâmica da chaminé da Usina Termelétrica Itaqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.