Interno do Sistema Penitenciário do Maranhão lança obra na Feira do Livro de São Luís

“Restos de Vida” é o título da autobiografia escrita pelo interno George Bruno, de 39 anos, lançada nesta sexta-feira (10), na 13ª Feira do Livro de São Luís.

A obra tem o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), através da Supervisão de Educação, reafirmando o papel de capacitar os custodiados através da oportunidade ao estudo e qualificação profissional.

Um destes exemplos é George Bruno, que cumpre pena na Unidade Prisional de Ressocialização (UPSL 2), e no livro conta sua trajetória de vida, seus altos e baixos, suas reminiscências desde a adolescência e início dos delitos até sua ressocialização.

São 96 páginas, com relatos das transgressões na sociedade. Como ele cita no trecho: “No passado tive uma vida normal como qualquer outro cidadão comum, era sociável, mas com o passar do tempo segui um caminho errado e fiz opções que me tornaram insociável”, conta.

Amigos, familiares e servidores do sistema prisional prestigiam o lançamento da obra.

Em sua trajetória de vida, ele decide viajar para o Rio de Janeiro, mudar de vida, mas um mandado de prisão por sentença dada à revelia faz com que ele volte novamente a ser detido no Maranhão.

Nestes oito anos vividos longe, é notória a ele a percepção das mudanças ocorridas no sistema penitenciário. “Soube que as rebeliões e motins de presos, o que era comum em Pedrinhas, tinha acabado, o sistema mudou. Alguns anos antes, a UPSL 2 era a pior Unidade Prisional do Complexo de Pedrinhas, mas atualmente é a cadeia que dá mais oportunidade para os internos trabalharem”, conta em outro trecho.

Assim como George Bruno, que escreveu e lançou um livro, a Seap tem inserido cada vez mais os internos em ações de ressocialização através da educação e do trabalho.

Um dos dados foi zerar o índice de analfabetismo no âmbito prisional; o crescimento de 93,75% no número de internos inscritos para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), em relação a 2018; e o crescimento de 111% no número de reeducandos inscritos no Enem PPL 2021, em relação ao mesmo período, entre outros.

Imagem destacada / George Bruno escreveu o livro ‘Restos de Vida’, lançado na Feira do Livro de São Luís. (Foto: Clayton Monteles)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.