São Luís terá atos “Fora Bolsonaro” neste sábado

Uma das entidades organizadoras das manifestações, a Associação dos Professores da UFMA (Apruma) faz recomendações de segurança e cuidados sanitários para os participantes. Atividades iniciam sábado, 9h, na praça Deodoro.

29M: Fora Bolsonaro, recomendações da Diretoria da APRUMA

Fonte: Site da Apruma

A APRUMA – Seção Sindical, por meio da sua atual Diretoria, vem construindo e participando de atos e intensificação de campanhas contra o governo genocida de Bolsonaro. Já foram inúmeras manifestações online, atos presenciais simbólicos e carreatas denunciando a política anticiência, as medidas econômicas desastrosas, a proposta de Reforma Administrativa, o PL 5595/2020 e os ataques para desmontar o Estado de Direitos que ainda garante, minimamente, estrutura pública com financiamento público da saúde e da educação.

A negação da pandemia do novo Coronavírus pelo governo, refletida na falta de política de enfrentamento e ausência de plano de imunização da população, fez o País passar da marca de 450 mil mortos, tantas vidas interrompidas e milhares de corações que sofrem a dor do luto e, em muitos casos, já tendo que se refazer para acolher amigos e familiares contaminados em situação moderada ou grave.

A Diretoria da APRUMA vem construindo, conjuntamente com diversas outras entidades, sindicatos, centrais, o Ato 29M – Fora Bolsonaro, às 9h, na Praça Deodoro, em São Luís, e colaborando em outras cidades do Estado com sua militância.

Em São Luís, nas plenárias já realizadas para organizar a manifestação, as entidades envolvidas definiram que o ato deve ser presencial, que animasse a população a retornar a ocupar as ruas e derrotar o Governo Bolsonaro, decisão com a qual a Diretoria da APRUMA tem pleno acordo, por entender que a população brasileira precisa retomar os espaços das ruas, comprovadamente a única forma capaz de derrotar governos autoritários.

Entretanto, com o recente aumento na curva de infecção da pandemia de covid-19, com ocupação de leitos de UTI na Região Metropolitana de São Luís acima de 90%, ponderamos que a retomada das ruas precisa ser feita de modo consequente e responsável. A realização de atos que reúnam multidões, embora necessária e legítima, precisa considerar a real situação pandêmica do momento do ato que, considerando os índices referentes à pandemia, é agora desfavorável.

Pelas ponderações manifestas, a Diretoria da APRUMA recomenda que ocupemos as ruas, gritemos: Fora Bolsonaro!

Mas se tiver com sintomas, ou testado positivo, ou cuidando de amigos ou familiares com Covid, não vá.

Aos companheiros e companheiras que se sentirem seguros e seguras em participar que o façam seguindo todos os protocolos sanitários que o momento exige.

Às ruas, pela vida!

Fora Bolsonaro!

Contra a Reforma Administrativa!

Auxílio emergencial digno!

Vacinação pública para todos e todas!

Viva o SUS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.