Categorias
notícia

Pulverizador de ódio

O presidente Jair Bolsonaro transformou o Dia da Independência no Dia da Ofensa.

Ofendeu as mulheres, os pobres, os desempregados e principalmente o bolso dos brasileiros.

A ostentação do 7 de setembro com dinheiro público foi uma aberração nociva à economia do país e uma agressão ao povo brasileiro.

Nunca antes na História do Brasil um presidente ofendeu tanto a pátria.

Imagem destacada capturada nesse link / Presidente Bolsonaro discursando em trio elétrico em Brasília — Foto: Cadu Gomes/Agência O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.