Vem aí “Festival de Rock no Maranhão”

A Fanzine Produções e a NJ Entretenimento produzem o primeiro “Festival de Rock no Maranhão” após quase dois longos anos de pandemia!

E para esse ressurgimento de shows de rock em São Luís foi preparado um line up a altura que o marco histórico exige. Com datas disputadas com todo o Brasil, a produção traz pela primeira vez à ilha rebelde ninguém menos do que o Masterchef Henrique Fogaça no comando da banda de hardcore Oitão.

E tem mais! A dupla da banda Angra Fabio Lione e Marcelo Barbosa, a lendária banda carioca Azul Limão com 40 anos de estrada e clássicos marcantes do heavy metal nacional, Ação Direta e os seus 30 anos de resistência no punk rock, o peso de décadas do Mutilator e sua referência no metal pesado nacional.

Vai rolar também Megahertz e os seus 35 anos do melhor thrash metal nordestino, Corja direto de Fortaleza despejando toda a fúria e empoderamento da mulher no palco e nove bandas maranhenses que vão mostrar a força da cena local: Basttardz, Serial Killer, Comportamento Estranho, Unblooded, Purpura Ink, Gods of Rage, Fome, Deep Hatred e Humanrise prometem abalar os alicerces do Ceprama no coração do Centro Histórico de São Luís.

O QUE?

Manifesto Rock São Luís  

Local: Ceprama  

Data: 13 e 14 de novembro de 2021  

Horário: 15 horas  

INGRESSOS  

Ingresso solidário por dia R$ 30,00 + 1kg de Alimento  

Passaporte solidário 2 dias R$ 50,00 + 1kg de Alimento  

Pontos de Venda  

Bilheteria Digital (Loja Shopping Rio Anil, Shopping da Ilha, Aplicativo BD e site oficial da Bilheteria Digital)  

Loja CD Rock Galeria La Ravardiere na rua do Passeio – Centro  

Gallery Tatto – Shoping da Ilha, Rio Anil Shopping  

Site: https://www.bilheteriadigital.com/manifesto-rock-festival-13-de-novembro  

PARA ENTRAR ENTRAR CONTATO  

Cíntia Pessoa (Assessoria) (98) 98852-9395  

Natanael Jr. (Produtor) (98) 99194-4423  

André Nadler (Produtor) (98) 9192- 6461  

E-mail: producaofanzine@hotmail.com  

Redes Sociais: @fanzineproducoes  

Um comentário em “Vem aí “Festival de Rock no Maranhão””

  1. o preto sem caráter
    a feique e a mulher
    não escrota
    meu solene desprezo
    às almas sebosas
    presentes na festa
    meu feliz celebrar
    mais íntimo:passem
    por onde me erra
    que a minha vacina
    é segura e eficaz
    contra toda a inveja
    passando por riba
    de outrofobias
    e suas sequelas
    de quem dissemina
    o que na colônia
    tem nome à gringa
    por trás de uma tela
    e ou no real torpe
    uso da língua
    no gatilho o estigma
    e o estereótipo
    que lhes convenha
    sob o paradigma da
    escravocracia
    a quem serve excluir
    mau vibrar perseguir
    caluniar
    senão espelhar canalhas
    no seu elocubrar
    a minha resposta é cantar
    a arte é o melhor lugar
    contra a falsa moral
    que move o seu odiar

    este maracatu é dejavu
    de que fui alertado
    por distinta mulher
    que busca a verdade
    sobre o narrado
    mulher que se recusa
    a manipular mais um
    crime covarde
    sem fazer jogo branco
    na egolatria das
    comodidades
    de quem prefere agredir
    do que melhorar o caráter
    descontextualiza a justiça
    como sociabilidade
    eis o meu antígeno
    ao oportunista divisionismo
    como linguagem
    da falsa imagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.