Limites ao império tecnológico

A concentração de tantas empresas de mídia nas mãos de uma pessoa / Mark Zuckerberg / só reforça o argumento de que é preciso regulamentar as comunicações.

Regulamentar não é censura. É apenas criar regras mínimas para conter a hipertrofia do poder.

Imagem: capa da revista “The Economist”

Um comentário em “Limites ao império tecnológico”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *