Bertolt Brecht e o rádio

Entre tantas histórias fantásticas sobre o rádio, uma envolve o amor de um poeta pela “pequena caixa”.

Fugindo da perseguição nazista, o escritor e dramaturgo Bertolt Brecht buscou refúgio em vários países. Durante as suas fugas, o rádio era fundamental para que ele tivesse notícias sobre seu país e o mundo.

Na canção “A um pequeno rádio” ele trata o aparelho/meio de comunicação como um amigo precioso para confortar a sua angústia do refugiado.

A composição, feita em parceria com o músico Hanns Eisler, foi transformada na canção homônima:

Tu, pequena caixa que transportei na fuga

Para que as tuas lâmpadas não me delatassem,

Na esperança — de casa para o barco e do barco para o trem —

De que os meus inimigos continuassem a falar comigo

No meu acampamento e para o meu sofrimento

No fim da noite, no início da madrugada,

Das tuas vitórias e das minhas ações

Promete-me que não deixarás de falar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *