Shopping Rua Grande abre em julho no Centro Histórico de São Luís

Fonte: Agenda Maranhão

O Centro Histórico de São Luís estará recebendo, em julho deste ano, o Shopping Rua Grande, espaço que oferecerá o conforto e a segurança de um shopping convencional ao mesmo tempo em que terá um andar especial dedicado para a difusão da cultura maranhense. A obra está sendo cuidadosamente arquitetada por uma equipe de profissionais qualificados e por meio de incentivo do Programa Adote um Casarão, do Governo do Maranhão.

O empreendimento, de 2.100m², funcionará em 3 pavimentos: térreo, 1° piso e 2° piso. Terá ar condicionado central, elevador e sistema de wifi. Vai gerar 172 empregos diretos em serviços de operacionalização (segurança, administração limpeza etc.) e nas atividades comerciais nas lojas, boxs, quiosques e 2 megalojas. Em cada pavimento haverá uma bateria de banheiros, atendendo a uma demanda não oferecida na área comercial do centro.

Localizado no prédio onde funcionava a antiga sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), na Rua Grande, já perto do Canto da Viração (Rua do Passeio), ficará aberto em horário de shopping, das 10h às 22h (12 horas por dia), de segunda-feira a sábado, e aos domingos, a partir das 12h até às 18h.

O horário de funcionamento possibilitará um incremento no movimento noturno na área comercial do Centro Histórico de São Luís, no período das 18 às 22h, quando o fluxo de transeuntes e carros diminui com o fechamento do comércio.  É o momento em que aumenta o número de vagas de estacionamento que poderão ser utilizadas por consumidores de outras áreas da cidade interessados em frequentar o shopping no período da noite.

“É uma opção noturna permanente que estaremos oferecendo no Centro Histórico de nossa cidade”, afirma Marcos Antônio Matias Silva, de 52 anos, empresário adotante do imóvel, por meio do Programa Adote um Casarão, e que está investindo R$ 1,2 milhão na obra.

No período dia, a frequência deve envolver mais transeuntes do Centro Histórico de São Luís. A projeção é que, das 5 mil pessoas que transitam pela Rua Grande, diariamente, cerca de 1.000 circulem pelo Shopping Cultural Rua Grande.

“Um prédio público que estava em desuso, como o antigo prédio da Secretaria de Educação do Maranhão, na Rua Grande, agora, vai atender milhares pessoas quando estiver reformado. Essa iniciativa faz parte de um conjunto imenso de atividades que ajudam a repaginar e dinamizar a região central da cidade e a preservar nossa história”, afirma o secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry.

“O Adote um Casarão, no âmbito do programa Nosso Centro, é um ativo muito importante que o governador Flávio Dino oportuniza para revitalizar e valorizar nosso patrimônio histórico, gerando empregos e incentivando o empreendedorismo”, completou o secretário.

Banner de apresentação do Shopping Rua Grande

Espaço Cultural  

O 2° piso (o último andar do imóvel) será o Espaço Cultural, com venda de artesanato, produtos de artistas e de grupos culturais maranhenses e de comidas típicas. A comercialização será em 20 bancas e em mais 5 lojas. Terá um espaço para apresentações musicais e da cultura popular e outro para exposições de arte.

Um dos cartões de visita desse pavimento será a vista panorâmica que o público terá da Praça Deodoro e uma parte do Rio Anil. O planejamento arquitetônico deu ênfase a essa possibilidade que poderá ser desfrutada pelo público que visitar o shopping.

Está sendo montada uma equipe especial de gestão desse espaço cultural, informa Paula Mendonça, arquiteta responsável por toda a obra. Essa equipe vai deliberar alguns detalhes funcionais do espaço.

O que já está definido é que o uso será para setores da cultura maranhense.  “A nossa referência foi o padrão da feirinha da Praça Benedito Leite”, compara Paula Mendonça.

Secretário Márcio Jerry conversa com empresário Marcos Matias e arquiteta Paula Mendonça

Fachada

Como o shopping terá um conceito vinculado a cultura maranhense, a ideia é privilegiar, na fachada, as cores da terra. “São tons em marrom que remetem ao nosso artesanato, ao uso da terra pelas mulheres, como as quebradeiras de coco, e pelos homens, como meio de sustento e forma de viver”, explica Paula Mendonça.

Outros espaços

O térreo do shopping terá ligação direta com a Rua Grande permitindo um fluxo de mais de pessoas aos 14 boxs de 5m²; 16 espaços de lojas, de 14 a 35 m²; 2 quiosques; e uma megaloja.

O 1° piso terá 4 quiosques, 5 lojas, uma segunda megaloja e a praça de alimentação (onde funcionará o sistema de wifi) unida a um pátio panorâmico com vista para a Rua Grande e para o Palacete Gentil Braga, um dos mais belos imóveis históricos do Maranhão, revestido de azulejos azuis e onde funciona do Departamento de Assuntos Culturais da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Adote um casarão

Adote um Casarão é um programa do Governo do Estado, executado pela Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). Faz parte de um programa mais amplo, o Nosso Centro, que reúne ações de diversas secretarias de Estado.

Disponibiliza, por meio de editais, imóveis pertencentes ao Governo do Estado, no Centro Histórico de São Luís, que estejam sendo subutilizados ou estejam vazios. O adotante, em contrapartida, deve revitalizar e manter o imóvel e fazer uso, exclusivo, para as atividades indicadas no contrato.

A analista de Políticas Públicas da Secid, Monique Martins, explica que, no caso do prédio na Rua Grande, onde funcionará o shopping, a concessão é por um período de 10 anos, renovável por mais 5 anos, como previsto no Edital. “Será um espaço de integração de pequenos e grandes negócios”, avalia.

Assim como abriu a possibilidade para Marco Antônio Matias Silva, 52 anos, fazer um investimento em um shopping, a partir da experiência de três décadas atuando como empresário na área de comercio no Centro Histórico de São Luís, o Adote um Casarão está incentivando experiências como a vivenciada pelo Centro Cultural e Educacional Mandingueiros do Amanhã.

Depois de adotar um imóvel, por meio do Adote um Casarão, o Mandingueiros do Amanhã está investindo mais em atividades culturais e educativas na área central da cidade. O grupo participou de uma edição do edital vencendo diversos concorrentes, incluindo grandes empresas interessadas.

O programa Adote um Casarão foi criado, pelo governador Flávio Dino, em 2019. Tem por objetivo tornar o Centro Histórico de São Luís referência em renovação e desenvolvimento sustentável, preservando seu valor histórico e cultural. Já foram disponibilizados 10 imóveis aos participantes.

É focado em ações de fomento nas áreas comercial, cultural e de lazer.    Podem participar dos editais empresas privadas e grupos culturais. Pessoa físicas, também, mas, se ganhar, terá de constituir uma pessoa jurídica para assinar o termo de adesão ao programa.

Links de acesso as publicações

O Imparcial
https://oimparcial.com.br/cidades/2021/03/shopping-sera-construido-na-rua-grande-e-promete-ser-nova-opcao-de-compras-e-lazer-da-populacao/#.YF9vKZb7M30.whatsapp

Blog O Informante (Jornal Pequeno)

Blog Henrique Bois

http://hbois.blogspot.com/2021/03/adote-um-casarao-viabiliza-novo.html?m=1

Blog John Cutrim

https://johncutrim.com.br/shopping-rua-grande-sera-a-nova-opcao-de-compras-e-lazer-no-centro-historico-de-sao-luis/FacebookTwitterWhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *