Cinema: Maranhão na Tela 2018 abre inscrições

Um dos maiores festivais de cinema do estado será realizado de 15 a 24 de novembro em três locais diferentes de São Luís e ampliará sua abrangência para estados da região Norte

O Maranhão Na Tela abre suas inscrições para a Mostra Competitiva e a Rodadas de Negócios no dia 10 de setembro. As inscrições devem ser feitas aqui neste site (www.maranhaonatela.com.br). Poderão ser inscritos filmes e projetos dos nove estados das regiões Norte e Meio Norte. Para a mostra competitiva, as inscrições são gratuitas, enquanto que para as rodadas de negócios variam entre R$ 100,00 e R$ 70,00. A décima primeira edição do Maranhão na Tela será de 15 a 24 de novembro.

Além da ampliação para região Norte, esta edição terá pela primeira vez um ambiente de mercado, o Maranhão na Tela LAB, no Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM). Além disso, exibirá parte de sua programação em um novo local, o Kinoplex Golden, em uma parceria inédita com a Kinoplex, a maior rede de cinemas 100% brasileira, que também irá divulgar o festival em toda sua rede de salas e meios de comunicação no Brasil. A identidade visual do evento é baseada em seis trabalhos de óleo sobre papel cartão do artista maranhense Walter Sá.

As mostras serão realizadas nas salas KinoEvolution e Platinum, no Golden Shopping, no bairro do Calhau. “É um enorme salto de qualidade e um privilégio para o festival poder exibir sua programação nas melhores salas de cinema do Maranhão”, afirma Mavi Simão. Os filmes serão exibidos também no Cine Praia Grande e no Centro Cultural Vale Maranhão.

O festival foi idealizado pela produtora Mavi Simão em 2006 e é realizado pela Mil Ciclos Filmes. O evento conta com o patrocínio da Oi e do Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo à Cultura, do Minc e da Ancine, através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), com apoio cultural do Instituto Oi Futuro, da Rede Kinoplex e do Sebrae; além de apoio institucional do Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros (ICAB) e colaboração da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI).

Imagem: Maranhão na Tela vem atraindo público jovem da Rede Municipal de Ensino / Fabricio Cunha

Cine Praia Grande vai exibir documentário sobre zeladoras e encantados

Será lançado no dia 12 de julho, às 20h, no Cine Praia grande, em São Luís, o documentário Zeladoras e Encantados, dirigido pela professora da Universidade Federal do Maranhão Ilka Pereira e pelo documentarista Paulo do Vale.

Aprovado pelo 2º edital de audiovisual do Maranhão, lançado pelo Governo do Estado, o projeto de pesquisa já vinha sendo realizado desde 2013, através da realização de pesquisas e registros dos trabalhos afrorreligiosos realizados pelas Zeladoras na cidade de Codó.

O documentário foi filmado no Quilombo de Santo Antônio dos Pretos e registra através das narrativas de sete zeladoras, das filmagens dos festejos das suas casas e dos seus ritos, os saberes e os fazeres de cada casa e cada Zeladora na manutenção da tradição, bem como a relação que estabelecem com os seus encantados.

As filmagens foram realizadas no quilombo de Santo Antônio dos Pretos, na Tenda Santa Bárbara Glorioso Santo Antônio, com entrevistas a Sra. Vanda Moreira e a Sra. Conceição de Maria Viana (Dona Concita), a quem o filme, é dedicado in memorian. Na cidade de Codó, os registros foram feitos na Tenda Espírita Santo Antônio, cuja Zeladora é a Sra. Maria Iracema Conceição; a Tenda Espírita Santa Bárbara, cuja zeladora é a Sra. Maria dos Santos Sardinha; a Tenda Santa Helena dos Milagres sendo a Zeladora a Sra. Teresinha de Jesus Cruz e, finalizando, o terreiro Ilê Axé cuja Zeladora é Nilza Moreira Viana e a Mãe Pequena Ana Ruty Evangelista da Silva.

Para maior socialização do trabalho, o filme dispõe das formas de acessibilidade como linguagem em libras e audiodescrição. Além disso, foram feitas cópias de DVD para socialização em museus, escolas, institutos, universidades, etc.

A programação de lançamento do documentário começou pela cidade de Codó-MA, no dia 11 de junho e, agora, será exibido em São Luís. Após a exibição haverá um bate-papo entre o público e os diretores do filme.

 Sobre os diretores

Ilka Pereira é docente do Curso de Licenciatura em Ciências Humanas (Campus VII- Codó) e Doutoranda em educação pela UFF.

Paulo do Vale atua realizando documentários etnográficos, filmes, DOC.TV e projetos de capacitação de jovens na área de audiovisual. Dirigiu o documentário “Zemuishi Ohaw- Festa do Mel, Festa do Cervero, e atuou como Diretor de fotografia” no  “Tribuna do gueto “; “Dono da capoeira” (2014); “Cantiliana e os herdeiros do mal de Lázaro” (2017), dentre outros trabalhos.

Sinopse

Este documentário é fruto de um longo processo de pesquisa sobre a relação das Zeladoras com o seus encantados, no quilombo de Santo Antônio dos Pretos e na cidade de Codó – MA. Ao longo de cinco anos, frequentamos alguns salões e terreiros da cidade, documentando o fazer e o saber dessas mulheres, na manutenção das tradições afrorreligiosas que povoam o lugar.

Através das narrativas de sete zeladoras, das filmagens dos festejos das suas casas e dos seus ritos, foi possível adentrar nesses espaços sagrados e registrar particularidades de cada uma.  Acreditamos que este documentário, contrariando omissões históricas sobre o trabalho religioso de mulheres negras no nosso país, possa constituir-se em um importante instrumento de reflexão e luta contra preconceitos, infelizmente, ainda praticados na nossa sociedade.

Ficha Técnica:

Direção: Paulo do Vale e Ilka Pereira

Argumento, pesquisa e roteiro: Ilka Pereira

Direção de fotografia e câmera: Paulo do Vale

Montagem, finalização, acessibilidade, autoração e capa: Marcelo Souza

Assistente de direção: Inaldo Aguiar

Produção Executiva: Ilka Pereira

Som direto: Felinto Reis e Inaldo Aguiar

Designer cartaz: Diego L. Couto

Tradução libras: Claudiane Araújo

Tradução inglês/espanhol: Diego L. Couto

Patrocínio: Secretaria da Cultura e Turismo do Maranhão

Apoio: BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), FSA (Fundo Setorial do Audiovisual), Ancine (Agência Nacional de Cinema).

SERVIÇO

Lançamento do documentário “Zeladoras e Encantados”

Dia: 12 de julho de 2018 (quinta-feira)

Horário: 20h

Duração: 26 minutos

Local: Cine Praia Grande

Rua Rampa do Comércio, 200 – Praia Grande – São Luis -MA

Entrada Franca

Informações: (98) 98205-8919 / ilkdinizpereira@gmail.com

Imagem em destaque no topo do texto: ritual no terreiro Ilê Axé/divulgação