Fapema lança editais em homenagem ao antropólogo e professor Sergio Ferretti

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) lança, nesta quinta-feira (21), às 15h, no auditório da Fundação, os editais Prêmio Fapema Sergio Ferretti 2018 e Programa de Apoio à Publicação de Livros, Coletâneas e Catálogos – Sergio Ferretti Livros.

Os dois editais homenageiam este ano o antropólogo e professor Sergio Ferretti, estudioso das crenças e festas populares, sobretudo das religiões e cultos afro-brasileiros. O evento será coordenado pelo diretor-presidente da instituição, Alex Oliveira. Entre os convidados estão reitores, pró-reitores e pesquisadores.

Este ano o prêmio chega a 14ª edição. Considerado uma das mais importantes premiações científicas do Norte-Nordeste, o Prêmio Fapema tem como objetivo valorizar e reconhecer a produção científica de pesquisadores maranhenses. Podem concorrer trabalhos inovadores e relevante para o progresso científico e tecnológico do Maranhão, que contemplem do pesquisador sênior ao pesquisador júnior.

O edital Sergio Ferretti Livros, por sua vez, visa incentivar a divulgação técnico-científica de natureza inédita, por meio do apoio a partir da publicação de livros, coletâneas e catálogos em todas as áreas do conhecimento. Serão elegíveis propostas de publicação ou editoração eletrônica de obras técnico-científicas, não periódicas e não seriadas, produzidas por pesquisadores vinculados às instituições de ensino ou pesquisa públicas ou privadas sem fins lucrativos, sediadas no estado do Maranhão.

Os editais, na íntegra com as informações detalhadas, serão disponibilizados no portal da Fapema no endereço www.fapema.br logo após o lançamento.

Fapema lança hoje o Plano de Trabalho para 2018

O Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), realiza nesta quarta-feira (21), às 18h, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, o lançamento do Plano de Trabalho que irá nortear as ações da fundação para o ano de 2018. O plano “Maranhão de Multiplicidades: Científico, Consciente & Cultural” está estruturado em quatro linhas de ação: Mais Ciência, Mais Qualificação, Mais Inovação e Popularização da Ciência por meio das quais serão financiados projetos em diferentes áreas de conhecimento que contribuam para o desenvolvimento do Maranhão.

Após ampliar a pós-graduação, dobrar o número de bolsas e melhorar todos os conceitos dos indicadores de pós-graduação, a Fapema lançará um novo plano de trabalho com investimentos ainda maiores.  O plano de trabalho que será lançado este ano reforça todas as políticas da Fundação e traz como novidades a ampliação do número de Institutos Estaduais de Ciência e Tecnologia, que passará de três para seis, segundo informou o diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira.

“Essa é uma marca histórica do Maranhão e acreditamos que os três institutos serão extremamente importantes para o desenvolvimento da inovação no seio da pesquisa em nosso estado”, destacou o presidente. Um dos institutos será voltado à questão da saúde e irá se dedicar às doenças crônicas e negligenciadas. O segundo terá como foco a atenção à agricultura familiar visando aumentar a produção local. O terceiro instituto irá trabalhar com a cadeia produtiva do babaçu com o propósito de agregar valor ao produto e aumentar a produção e geração de emprego e renda beneficiando as quebradeiras de coco e os territórios nos quais se inserem.

Durante o lançamento do programa também será anunciada a ampliação das cotas de bolsas para as universidades. “Acredito que a comunidade tem muita curiosidade de assistir e ver todas essas novidades e comemorar. Acho que é um momento também da gente comemorar e agradecer a determinação do governador Flávio Dino de continuar acreditando na ciência e tecnologia e saber que esse investimento está diretamente ligado ao desenvolvimento socioeconômico do estado. Com mais ciência e tecnologia iremos mais longe”, enfatizou Alex Oliveira.

Outro destaque do plano são três editais importantes do Ensino Médio que serão lançados já no dia 21: Geração Ciência, Juventude Com Ciência e Com Ciência Cultural. São editais que a Fapema trabalha conjuntamente com as secretarias de Estado da Juventude, da Educação e Direitos Humanos e Participação Social.

“O plano de trabalho abre novas possibilidades de pesquisa para pensarmos as cidades e as redes territoriais como espaços privilegiados e palcos das transformações que estamos promovendo. A FAPEMA no rumo certo e na contramão dos que retiram investimentos em ciência e tecnologia, segue determinada na construção de um Maranhão de Todos Nós”, finalizou o presidente da Fapema, Alex Oliveira.

Cerimônia

A cerimônia de lançamento está marcada para as 18h, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, e será presidida pelo presidente da Fapema, que estará acompanhado do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles. Reitores, pró-reitores, pesquisadores, secretários estaduais e municipais, diretores de escola, empresários e representantes de movimentos sociais devem comparecer ao evento.