Comissão de Acessibilidade do CCSo/UFMA é um espaço de interlocução para as pessoas com deficiência, explica a professora Carolina Libério

O blog publica hoje a quarta entrevista da série “pessoa com deficiência”. A entrevista, realizada no Laboratório de Rádio, é uma atividade prática da disciplina Produção e Direção de Programas de Rádio, do curso de Rádio e Televisão (RTV) da UFMA.

Nesse programa, os estudantes Ricardo Cadilhe e Naasson Junior dialogam com a professora Carolina Libério, representante do Departamento de Comunicação Social na Comissão de Acessibilidade do Centro de Ciências Sociais (CCSo) da UFMA.

Ouça a entrevista aqui

Segundo Carolina Libério, a Comissão de Acessibilidade do CCSo pode ter um importante papel na negociação em busca da melhoria nas condições de acessibilidade na UFMA. “Acredito que a gente se organizando, não apenas os docentes, mas também uma organização dos discentes, a gente consiga chamar a atenção para alguns setores da Universidade sobre aspectos da infraestrutura. Infelizmente dentro da instituição pública a gente tem que lidar com a burocracia, às vezes com a dificuldade de conseguir recursos e às vezes com uma certa displicência de parte dos setores da Universidade na aplicação desses recursos”, detalhou.

Carol Libério reconhece o esforço político na sociedade brasileira para incluir as pessoas com deficiência e avalia que esse processo é refletido dentro da universidade. Ela foi motivada a participar da Comissão de Acessibilidade do CCSo porque está ministrando aula para três alunos com deficiência em duas disciplinas diferentes e sentiu a necessidade de buscar interlocução sobre a situação desses estudantes fora da sala de aula.

A professora referenciou o aprendizado coletivo que vem tendo na comissão e junto à comunidade universitária e enfatizou o desafio metodológico de aproximar ao máximo os conceitos de sala de aula dos alunos com deficiência. Para Libério, é fundamental desconstruir o preconceito sobre os limites no trato das pessoas que apresentam algum tipo de deficiência.

Carol Libério falou também sobre a atuação da Comissão de Acessibilidade do CCSo e destacou o papel dessa instância como espaço de interlocução e reivindicação da comunidade universitária para construir ambientes de sociabilidade e infraestrutura adequada para as pessoas com deficiência.

Sala de Rádio

O programa “Sala de Rádio” é um recurso didático criado pelo professor do curso de RTV, Ed Wilson Ferreira Araújo, com o objetivo de conectar os conteúdos teóricos às atividades práticas, utilizando os equipamentos disponíveis no Laboratório de Rádio.

Durante a disciplina Produção e Direção de Programas de Rádio, no semestre 2018.1, os estudantes exercitam a técnica de apresentação de programa jornalístico, precedido das atividades de produção: seleção e enquadramento do tema, contato com a fonte, recepção da fonte, condução da entrevista e direção.

Ao longo deste semestre (2018.01), os estudantes da disciplina Produção e Direção de Programas de Rádio planejam, executam, acompanham e avaliam a produção de programa com pautas focadas no tema “pessoa com deficiência”.

Os alunos são responsáveis pela apresentação e edição das entrevistas e/ou programas.

Além da professora Carolina Libério, outras fontes vinculadas ao tema “pessoa com deficiência” já foram entrevistadas pelos estudantes e os arquivos de áudio estão sendo disponibilizados neste blog.

Ao final da disciplina, os alunos vão produzir programas especiais sistematizados a partir das informações colhidas nas entrevistas realizadas durante o semestre.

Descrição: duas mulheres estão em fila indiana. A mulher que está atrás põe uma venda nos olhos da que está à frente. Foto: Marcus Elicius