Fapema apresenta plano de trabalho para 2022

Na cerimônia, a Fundação lançou editais voltados para robótica e
literatura e lançou resolução de convênio com a Emap.

Na tarde de 08/03 (terça-feira) aconteceu a cerimônia de apresentação do Plano de Trabalho 2022 da Fapema, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, com transmissão simultânea no canal oficial do Youtube da Fundação. O Evento contou com a presença de bolsistas e pesquisadores, além de autoridades convidadas representando diversas secretarias do governo e instituições de ensino superior do Maranhão.

A apresentação do plano de trabalho é um evento anual e que visa apresentar para a comunidade os projetos que a Fundação vai promover em cada ano. Na Fapema, os editais são divididos em quatro linhas de ação: Mais Ciência, Mais Inovação, Mais Qualificação e Popularização da Ciência. Durante a abertura do evento, o diretor-presidente da Fapema ressaltou a importância do momento para apresentar os projetos do ano para os setores interessados, além de destacar a importância da Ciência e Inovação para o Estado: “Muitas vezes nos deparamos com problemas que parecem muito grandes, mas com as soluções de pesquisas que estão sendo implementadas nas Universidades e Instituições de Ensino, é possível prosseguir com o desenvolvimento do nosso estado”, declarou André Santos.

A Linha de ação Mais Ciência tem como objetivo a promoção e o fomento de projetos de pesquisa. O Edital Universal é o principal dessa linha de ação, e este ano inclui uma faixa para os recém-doutores. Além disso, também estão previstos editais de Pós-Graduação,apoiando o custeio dos PPGs em todo o estado, e de Infraestrutura, que buscam a implantação, recuperação e modernização de centros de Ciência, Tecnologia e Inovação, para diminuir a desigualdade regional em pesquisa no Maranhão.

Além disso, ainda nessa linha de ação, a edição de 2022 do edital Geração Ciência terá o foco na integração da robótica como recurso tecnológico e acessível para alunos de Instituições Públicas de Ensino Médio e Técnico: “Professores e estudantes de Instituições de ensino médio, em cooperação com as Universidades, vão ter acesso a bolsas e auxílios financeiros para a realização de projetos de robótica voltados para a solução de problemas que podem ser aplicadas em empresas ou pelo próprio poder público”, explicou o diretor-presidente da Fapema, durante o lançamento do  edital, que aconteceu logo após a apresentação do plano de trabalho.  No total, o investimento para as ações do Mais Ciência em 2022 estão previstas em R$15.072.000,00.

Programas que visam financiar a melhoria na qualificação dos pesquisadores do Maranhão estão na linha de ação Mais Qualificação: Nessa linha estão os programas de concessão de bolsas de Estágio, Iniciação Científica e Iniciação Científica Júnior, além das bolsas de Mestrado e Doutorado e de Produtividade para valorizar os pesquisadores com contribuições relevantes na produção científica. Em 2022, serão R$ 30.267.000,00 investidos em qualificação.

Para auxiliar na divulgação científica, a Fapema conta com a linha de ação Popularização da Ciência, que possui editais voltados para a publicação de artigos e periódicos científicos. Aproveitando a solenidade e em comemoração aos 100 anos da semana de arte moderna de 1922, a Fapema, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (SECMA), também lançou o edital Literatura Graça Aranha: o nome é uma homenagem ao escritor maranhense que foi um dos organizadores da histórica semana de arte moderna, e o edital permitirá a publicação de livros digitais. Para esse e mais editais voltados para a popularização da ciência, a Fapema deve investir R$ 3.910.000,00 esse ano.

Para estimular a cooperação entre empresas, Instituições de Ensino Superior, centros de pesquisa, organizações não-governamentais e governo para a promoção da inovação e empreendedorismo, a Fapema conta com a linha de ação Mais Inovação. Para o ano de 2022, estão previstas várias ações de caráter internacional e interdisciplinar, como os editais do programa cooperação internacional e do programa cidadão do mundo. Além disso, o programa Inova Maranhão possui o edital Ecossistemas de Inovação em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e o SEBRAE, que visa incentivar as IES a implantar espaços de inovação que auxiliem empresas de micro, pequeno ou médio porte em todo o Estado, além do próprio setor público.

Outro programa importante na área da Inovação é o programa Porto do Futuro, realizado em parceria com a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). A parceria consiste em um programa de pesquisa voltado para projetos que contemplem a área portuária, e para isso serão concedidas bolsas de pesquisa a estudantes e programas de pós-graduação maranhense, auxílios a projetos de pesquisa, programa de intercâmbio portuário dentre outras ações. A previsão é que sejam investidos R$ 40.000.000,00 de reais nos próximos anos, sendo R$ 10.000.000,00 já em 2022: “É preciso que os pesquisadores maranhenses pensem em projetos que vão subsidiar esses interesses do Porto, para que sejam criadas soluções que atendam às necessidades do nosso sistema portuário”, destacou o professor André Santos durante o evento.

Como o evento foi realizado no dia 08/03, em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, e considerando que a maioria das pesquisas apoiadas pela Fapema foram desenvolvidas por mulheres, a ocasião não poderia ser ignorada. Por isso, ao final do evento, foram distribuídas flores para todas as mulheres presentes.

 Além disso, todos os pesquisadores presentes receberam uma cópia do plano de trabalho 2022. Algumas destas cópias continham uma surpresa: um selo dourado escrito “pesquisador premiado”. O selo garantiu uma lembrança extra para os sortudos: O Kit pesquisador, que contou com sacola personalizada, além de um Planner, calendário e livros produzidos com o apoio da Fundação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.