Governo reativa ambulatórios de síndromes gripais leves na região metropolitana da ilha

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) vai retomar, nesta terça-feira (18), os ambulatórios de Síndromes Gripais Leves em novos espaços para atendimento da população com sintomas leves na Grande Ilha. O início aconteceu na semana passada para descentralizar os atendimentos e reduzir a pressão sobre as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), que atendem diversas patologias, incluindo as síndromes respiratórias.

Nesta semana, de 18 a 21 de janeiro, os ambulatórios funcionarão das 8h às 16h, no bairro do Cruzeiro do Anil, na Escola Maria do Carmo Abreu da Silveira, localizada na Avenida São Sebastião, em São Luís; e, em São José de Ribamar (Centro Educa Mais – Escola CAIC São Raimundo, na rua São Silvestre, nº 125, São Raimundo). Na cidade da Raposa, o ambulatório, que funcionará na terça (18) e na quarta-feira (19), estará na Unidade Integrada Sarney Filho, na Estrada da Raposa.

O atendimento conta com médicos, enfermeiras e técnicos de enfermagem da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). É necessária a apresentação de documento oficial com foto e Cartão SUS para atendimento.

“O Governo decidiu continuar o atendimento nos ambulatórios de síndromes gripais leves em virtude do resultado proveitoso. Nesta semana, vamos oferecer o serviço em três novos locais. Na última semana, foram mais de 11 mil atendimentos durante cinco dias de ambulatórios itinerantes e assim conseguimos diminuir o fluxo de atendimentos nas UPAs e descentralizamos nossa testagem para Covid-19”, disse Marcos Grande, presidente da EMSERH.

Na última semana, os ambulatórios distribuídos no Anil, na Cidade Olímpica, em Paço do Lumiar e no Hospital Aquiles Lisboa registraram 4.362 consultas e 6.784 testes de detecção da Covid-19, sendo 70,6% negativos. Isto é, a cada dez pacientes, três testaram positivo para Covid-19. No total, foram 11.146 atendimentos em uma semana.

Imagem destacada / O atendimento conta com profissionais da EMSERH. (Foto: Laécio Fontenele)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.