No prelo, sem data prevista…

Desde 1986, ainda na máquina de escrever, rabisco uns versos e algumas prosas para descontrair. Um dia junto coragem e, quem sebe, publico um livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *