São Luís tem pai e mãe

Neste aniversário dos 408 anos de São Luís vale a pena colocar em pauta o importante debate entre os historiadores sobre a fundação da cidade.

Uns afirmam que a nossa matriz é francesa e outros garantem ser portuguesa.

A disputa de versões é importante e alimenta as narrativas.

Na minha modesta condição de observador da cidade, vejo traços de várias culturas em São Luís, muitos deles deixados pela violência e pilhagem dos colonizadores.

Tanto franceses quanto portugueses chegaram aqui para saquear os recursos naturais, escravizar os índios e demarcar território na batalha geopolítica internacional.

A cidade é filha bastarda de vários saqueadores: franceses, portugueses, holandeses…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *