Eleições, máscaras e álcool

O uso de máscaras é tão antigo quanto aquela profissão….

Uns usam de fato buscando proteção e outros para disfarçar. A máscara faz lembrar uma velha prática em tempo de eleições: candidatos endinheirados entram no corpo a corpo com o povão e depois passam álcool para limpar as mãos da pobreza.

Bandidos e mocinhos mascarados fizeram sucesso no cinema.

Em tempos de pandemia alguns tipos de candidatos aproveitam a máscara para não encarar o leitor de rosto limpo e até mesmo para evitar futuras cobranças.

Depois da eleição, as máscaras vão cair.

Um comentário em “Eleições, máscaras e álcool”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *