Dez obras públicas são revitalizadas por detentos no Maranhão

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) segue com mais um convênio, formalizado com a Agência Executiva Metropolitana (AGEM), para a revitalização de 10 obras públicas em São Luís, com o uso da mão de obra carcerária. Destas, quatro já foram entregues e as demais seguem em execução ou estão prestes a serem iniciadas. 

Com a parceria, os detentos devem iniciar a construção de seis novas obras para a população de São Luís, como a Praça Alexandra Tavares, no bairro da Cidade Olímpica, que já está em andamento. Em breve, iniciam novos serviços de reforma e revitalização de uma praça no bairro da Vila Cascavel e uma praça e uma quadra de esportes no bairro da Estiva. E, na programação, ainda há mais duas praças, sendo uma no bairro do Ipase e a segunda no Vinhais. 

As obras que estão sendo entregues beneficiam, principalmente, áreas mais carentes atendidas pelo Governo do Estado. “Este convênio é mais uma forma de levar lazer aos bairros e de oportunizar aos internos uma forma de aprenderem uma nova profissão, além de gerar uma economia de 40% ao Estado”, explicou o secretário de Estado de Administração Penitenciária, Murilo Andrade.

Detentos trabalhando na obra da praça do Caratatiua (Foto: Divulgação)

Com o convênio, 56 internos já foram inseridos em atividades de trabalho, por meio da utilização, até agora, de 33.652 blocos e meio-fio de concreto para colocação de piso e calçamento. Os blocos foram produzidos pelos internos nas seis fábricas instaladas nas unidades prisionais de ressocialização e na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC).

Com o convênio, o projeto é capitaneado pela AGEM para a construção de espaços de esporte e lazer, nos perímetros urbano e rural de São Luís. “A parceria é bastante positiva ao envolver o setor social e de infraestrutura, com a inclusão e aproveitamento do trabalho de internos e consequentemente de reestruturação das áreas urbanas”, disse o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Praça Odorico de Matos, no bairro do Caratatiua, após reforma (Foto: Divulgação)

Os serviços de revitalização realizados pela parceria já foram concluídas e entregues outras quatro obras. A Praça Marechal Rondon, no bairro Outeiro da Cruz; a Praça Odorico de Matos, no bairro do Caratatiua; e duas escadarias no bairro da Floresta, próximo ao bairro da Liberdade.

As reformas realizadas pelos internos incluem serviços na área da construção civil, serviços de pintura, paisagismo e pavimentação, recuperação de calçamento com meio-fio, colocação de degraus, bancos, canteiros, piso interno, entre outros.

Imagem destacada / divulgação / Bloquetes de cimento produzidos por apenados

Um comentário em “Dez obras públicas são revitalizadas por detentos no Maranhão”

  1. parabéns a quem desta iniciativa
    que possibilita dignidade ao preso
    na desigualdade crônica e doentia
    feita de duas medidas e dois pesos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *