Marcellus Ribeiro e Joãozinho Ribeiro lançam exposição de fotografias e poemas em São Luís

Cotidiano urbano de 10 países é apresentado em tons de poesia e arte

Uma viagem inesquecível, uma máquina fotográfica e o desejo incurável de registrar o mundo com delicadeza e simplicidade. São esses os elementos principais da exposição fotográfica “Cenas de Rua e Outras Interações Poéticas”, que mescla a fotografia de Marcellus Ribeiro com a poesia de Joãozinho Ribeiro, e estreia nessa quinta-feira (16), no espaço Casa de Portugal, no Convento das Mercês, em São Luís.

É a primeira vez que o economista Marcellus Ribeiro deixa o escritório para apresentar ao público um trabalho que já realiza há mais de seis anos. A exposição “Cenas de Rua e Outras Interações Poéticas” é resultado do olhar artístico de Marcellus sobre fragmentos da vida urbana, que vão desde as paisagens históricas de Alcântara até as ruas do Marrocos.

Em preto e branco ou em cores, cada registro conta uma história que foi muito bem retratada pela poesia de Joãozinho Ribeiro, que emoldura a exposição. A parceria entre os Marcellus e Joaozinho transborda num fluxo de emoções que acompanha os personagens e cenários das imagens.

Para Marcellus Ribeiro, o ato de fotografar expressa a alteridade do artista sobre o mundo. “É uma forma de por pra fora uma visão que traz tudo o que o artista tem na alma, materializando aquilo que Caetano canta sobre ‘o que é de mim tão desigual'”, comentou o artista.

Já Joãozinho Ribeiro acredita na perfeita complementaridade entre imagem e palavra. “É um generoso diálogo entre as cenas captadas pelas lentes do fotógrafo e a cumplicidade do olhar do poeta sobre as coisas e os seres, em desencontro nos seus diferentes espaços geográficos, porém comungados em suas passagens por esta maravilhosa aventura humana denominada Cultura!”, observou o poeta.

A exposição “Cenas de Rua e Outras Interações Poéticas” tem a curadoria de Svetlana Farias, e o apoio muito importante do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Maranhão. Permanece em cartaz por tempo determinado. A abertura oficial acontece no 16. Visitas públicas gratuitas podem ser realizadas do dia 17 de janeiro a 21 de fevereiro. As visitas podem ser realizadas às segundas, das 13h às 17:30h, de terça a sexta-feira, das 8 às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *