Pesquisador Nelson Traquina morre aos 71 anos

Um dos autores mais requisitados em teorias do Jornalismo, Nelson Traquina era reconhecido internacionalmente como pesquisador, escritor e professor.

Ele morreu em Massachusetts, nos EUA, onde residia há alguns anos.

Traquina foi professor na Universidade Nova de Lisboa e fundador do Centro de Investigação Media e Jornalismo. Um dos seus livros denominado “Jornalismo: questões, teorias e estórias” (1993) é uma obra fundamental da disciplina das Ciências da Comunicação.

Nelson Traquina nasceu nos EUA em 17 de setembro de 1948, filho de pais açorianos. Lecionou na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, na Universidade Nova de Lisboa, desde o início dos anos 80 e obteve a cátedra em 1997.

A faculdade, numa nota de pesar, lembrou que o professor foi correspondente em Portugal da agência noticiosa United Press International (UPI), “tendo chegado ao país no rescaldo da revolução de abril, depois de um percurso académico nos Estados Unidos – licenciatura em Política Internacional no Assumption College e mestrado em Política Internacional na Universidade de Denver – e em França – diploma em Comunicação Social e Política na Universidade de Paris I e doutoramento em Sociologia na Universidade de Paris V”.

Imagem: Nelson Traquina, capturada neste site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *